fbpx

Dia do Desenhista: artistas se reinventam na internet

Na web, profissionais conseguem renda extra, exposição gratuita e combatem a desvalorização da carreira.

Hoje, 15 de abril, é comemorado o dia do desenhista. A profissão passou por inúmeras mudanças por conta dos avanços tecnológicos, desde a produção das obras até a sua comercialização.


Por isso, populares e práticas, as transações online de arte fazem um antagonismo ao tradicionalismo das galerias.

 

Inovação


A migração para a internet é um fenômeno crescente entre artistas, desde desenhistas até grafiteiros.
Com isso, a plataforma de Arte Artluv é uma das opções para que os artistas consigam alcançar novos públicos e se promover como marca.


Consequentemente, tais avanços tecnológicos impulsionaram outro aspecto da vida dos profissionais: as vendas.

“Ao estar conectado com as redes sociais, o artista encontra um espaço democrático para se expor”, comenta Wendell Toledo, CEO da Artluv.

Bem como proporcionar autonomia financeira e alavancagem de carreira, as plataformas ajudam a valorizar a profissão.

Geralmente associada com diversão e prazer, a arte e o ato de desenhar são subestimados por quem desconhece as técnicas e os estudos envolvidos.

 

O desenho nas profissões

 

Apesar da desvalorização, o desenho é a base para outras formas de artes e até para algumas profissões.

Para produzir uma obra ou um serviço, o profissional deve ter noções de perspectiva, combinação de cores e proporções, técnicas oriundas da gravura.

Sendo assim, a arquitetura, a fotografia, escultura, grafite e a pintura têm em comum, a sua origem em traços no papel.

Pode-se afirmar que tais áreas são resultado de experimentações sobre os limites e funcionalidades da ilustração.

Para agilizar os processos de um projeto arquitetônico, o profissional faz uso de softwares que modernizam o ato de desenhar. Já o fotógrafo tem um registro mais veloz que uma figura desenhada. O escultor consegue criar esculturas com textura e dimensões. Por fim, o grafiteiro rompe e/ou adapta as técnicas da gravura para a criação de grafites que se adequam ao ritmo da cidade.

 

Além de explorarem as fronteiras do desenho, as demais expressões artísticas herdaram a força comunicativa da gravura. 

 

Com tamanha amplitude, “desenho” acaba sendo uma palavra vaga para descrever as vertentes da profissão. Além das inovações do setor, as minorias vem conquistando espaço.

 

Atualmente, a voz das mulheres na ilustração ganha mais força, principalmente em carreiras masculinas como o universo das HQ’s. Por isso, o equilíbrio entre os gêneros é uma constante palpável.

 

Tendo como referência o banco de dados da Artluv, pode-se ter uma amostra da proporcionalidade que a profissão vem tendo. Na plataforma, cerca de 46% dos ilustradores são mulheres; enquanto 54% são homens.

 

Galeria de Desenhistas da Artluv

Veja a seleção de artistas ilustradores que fazem parte da Plataforma Artluv:

Lucas Aguiar – Ilustrações Digitais
Julia Oliveira – Ilustradora e Tatuadora
Daniel Bisonti Taira – Ilustrador
Rita Ramos Penteado – Desenhista
Vinicius Alves – Desenhos Realistas
Wellington Martins – Desenhos Caligráficos

É um desenhista ou ilustrador? Divulgue suas obras gratuitamente na Artluv.net criando a sua Página do Artista. Clique aqui e inscreva-se.

Nos vemos no próximo post #artlovers !

Comentários

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • chat
    Adicionar um comentário