fbpx

Obra de arte Guarda 250 Bitcoins

Não é de hoje que a tecnologia está inserida dentro do mundo da arte de uma maneira diferente do que imaginamos. Pois, quando pensamos em tecnologia e arte, já temos uma predefinição mental do que é a mesma, imaginando câmeras de alta capacidade para tirar fotografias, ou mesmo obras de arte completamente digitais, entretanto, aqui mesmo no Blog da Artluv, já falamos sobre alguns tipos de obras de arte que são excepcionais, como obras de arte criadas pela inteligência artificial, ou mesmo obras de arte criadas inteiramente no microsoft excel e até mesmo obras de arte que foram criadas com alta tecnologia e podem ser compradas de maneira compartilhada, com tecnologia blockchain.

Conheça nossa galeria de arte online

Hoje iremos tocar em outro ponto do mesmo assunto, o bitcoin e o quanto ele valoriza uma obra de arte.

Obra-de-arte-de-R-42-Milhões-com-250-Bitcoins1

Echegaray Guevara é um forasteiro ou um artista em ascensão – pelo menos foi assim que foi certificado pelo prémio de Melhor Artista Emergente Global na ArtDubai (2016)  e não duvida ao confessar que tem apenas “entre 15 e 18 trabalhos realizados” , já que se voltou para a produção artística há 5 anos.

 

Mas ele não é apenas um estranho por ser um recém-chegado. Em seu extenso currículo não há muitas referências a feiras ou galerias, mas ele é graduado pela ENA (Ecole Nationale d’administration, França), que obteve um Master of Arts pela Georgetown University com especialização em Administração Pública ou um Diploma de Graduado em Administração pela Harvard Business School em Boston, para citar alguns de seus diplomas. Portanto, é lógico que suas obras giram em torno da economia, no caso, do dinheiro, ou, como ele prefere defini-la, das “questões globais”.

 

O venezuelano, criado na Argentina e residente nos Estados Unidos, é um dos dois  artistas latino-americanos convocados pelo Centro Cultural Europeu – juntamente com o colombiano Federico Uribe –  para participar da 58ª edição da Mostra Internacional de Arte da Bienal de Veneza, em que apresenta a instalação de duas obras  Global Lie e Money Talks, com curadoria de Roxana Punta Álvarez, que estiveram disponíveis de 11 de maio a 24 de novembro. Além disso, a pedido dos organizadores, ele levou seu Pinóquio, uma escultura de aço de três metros que foi exibida durante as reuniões do G20 na Argentina em 2018 e que será exibida fora do Palazzo Mora, um edifício do século 15 adjacente à Ponte Rialto no Grande Canal e até eles farão um passeio de barco pelos canais de Veneza.

Obra-de-arte-de-R-42-Milhões-com-250-Bitcoins2

O argentino Alberto Echegaray Guevara, em 2019, vendeu uma obra de arte com 250 bitcoins. Essa obra foi apresentada ao público na Bienal de Veneza, também em 2019 e é uma esfera de vidro com um painel dentro, cujo preço dos bitcoins armazenados em um hardware pode ser observado ao vivo.

Obra-de-arte-de-R-42-Milhões-com-250-Bitcoins3

“Global lie”, a primeira obra no mundo que contém um ativo digital que pode ser extraído, transferido e que pode mudar de valor em tempo real.

Alberto não apresentou somente essa obra, mas apresentou 3 obras de arte diferentes, todas em esferas de vidro, sendo uma com 1 milhão de dólares triturados e outra com 1 milhão de euros também triturados (sim, esses valores todos são reais).

Obra-de-arte-de-R-42-Milhões-com-250-Bitcoins4

Mending the Sky de Beili Liu | Foto Divulgação

Guevara não imaginou, mas na época que a arte foi vendida, os bitcoins valiam em torno de 1 milhão de dólares, já que a moeda digital era negociada por uma média de 4 mil dólares.

O objetivo de Guevara era “mostrar o sistema econômico do passado junto com o futuro da economia e convidar à reflexão sobre o que significa o dinheiro.“, disse ele ao site argentino Infobae.

 

Hoje a obra está avaliada em aproximadamente R$ 42 milhões.

 

Para Guevara, a valorização da obra representa uma das maiores valorizações de uma obra de arte em pouco tempo.

 

Quanto ao comprador da obra, sabe-se que “investir e ganhar” não era uma de suas preocupações, mas certamente ele deve estar feliz.

 

O artista contou que seu objetivo com a obra era mostrar o futuro dos sistemas monetários, citando que o dinheiro atual não nos pertence, mas que o Bitcoin vai mudar tudo isso.

Basicamente, o que eu queria mostrar com a obra é o futuro dos sistemas monetários. Tudo o que temos pela frente é uma revolução que tem a ver com o fato de que o dinheiro que ganhamos todos os dias está depositado em sistemas financeiros onde não nos pertence. Bitcoin e moedas digitais vêm para mudar tudo isso. Eu, tendo um bitcoin, sou dono do dinheiro e ninguém pode tomar; só eu decido. Essa é uma mudança fundamental, disse ele à rádio FM Milenium.

Obra-de-arte-de-R-42-Milhões-com-250-Bitcoins

Guevara tem um vídeo no Youtube onde mostra o processo de construção da obra MoneyBall.

Guevara é um daqueles pontos fora da curva que vale a pena conhecer. Um artista de verdade, talvez um gênio.

#FiqueEmCasa #FiqueSeguro

Veja mais:

ARTLUV DESCENTRALIZANDO O MUNDO DA ARTE!

Disponibilizamos a criação de Galeria de Artista. Trata-se de um espaço onde novos artistas e artistas renomados podem expor suas obras de arte. Sem precisar entender de programação ou desenvolver um website.

Também ajudamos artistas através da nossa Mentoria Artística. Onde você poderá realizar sessões online com um de nossos artistas experientes e que também tem sua galeria de arte online criada na Artluv.

Conheça a nossa Galeria de Arte Online, os últimos eventos, exposições e veja as últimas notícias do blog – Art News!

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • chat
    Adicionar um comentário